• Interfaces entre Ciência da Informação e aspectos sociais, culturais e de formação para cidadania na cidade Estrutural 

 

Ementa: Realizar a formação e o desenvolvimento de coleções conforme as demandas de informação da comunidade e das ações extensionistas da UnB realizadas na cidade Estrutural, bem como promover a interação entre a comunidade acadêmica e a comunidade local mediante o desenvolvimento e/ou disponibilização de produtos e serviços de informação.

 

Coordenação: Rodrigo Rabello da Silva

 

  • Programa Universidade do Envelhecer – UniSer: Arte de Viver 

 

Ementa: O Programa Universidade do Envelhecer: UniSer – Arte de Viver da Universidade de Brasília, tem como objetivo fomentar ações integradoras norteadas pelos eixos Educação e comunicação; Envelhecimento e saúde; Políticas públicas e direito; Arte e cultura, de modo a ampliar as capacidades e habilidades na vida adulta e dos idosos da comunidade. Visa assim à adoção de comportamento que estimule a intergeracionalidade, cidadania, o empoderamento e o desenvolvimento humano e social.

 

Coordenação: Eliana Fortes Gris

 

  • Saúde Integral em Famílias Carentes do Distrito Federal

 

Ementa: O Projeto se propõe a fazer Educação e Promoção de Saúde em famílias carentes do DF (Santa Maria (Porto Rico), Recanto das Emas (Quadras:509-510 e 511) Estrutural (na Invasão de Santa Luzia), Itapoã e Ceilândia (Sol Nascente) e Prevenção de Doenças Crônicas e Infecciosas. Participam alunos de graduação e de pós graduação de vários cursos da UnB: Nutrição, Medicina, Odontologia, Farmácia, Agronomia, Biologia, Letras, Pedagogia, Psicologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional.

 

Coordenação: Lenora Gandolfi

 

  • Educação Integral e Inclusão Social no Recanto das Emas e outras cidades do DF 

 

Ementa: 1- Reforço Escolar e Incentivo a Leitura com oficinas de: matemática, portugues, saúde bucal, alimentação saudável, higiene corporal, conservação do meio ambiente. 2- Aula de cidadania, educação artistica e esportiva e sua importância para inclusão social dos jovens, crianças e deficientes. 3- Desenvolver o potencial de cada criança e descobrir talentos musicais, com aulas de música e dança. 4- Trabalho terapêutico e sociológico, de escuta das crianças por meio de desenhos, músicas, danças.

 

Coordenação: Lenora Gandolfi

 

  • Círculo de Cultura Surda 

 

Ementa: “Círculo de Cultura Surda” é uma tecnologia social que desenvolve produtos (filmes, livros imagem e procedimentos) e metodologias reaplicáveis (Círculos de Cultura), desenvolvidas na interação com a comunidade (surdos, professores, familiares) e que representem efetivas soluções de transformação social para surdos urbanos, surdos indígenas e surdos quilombolas. O projeto envolve professores da UnB, professores da Secretaria de Educação do DF, professores indígenas e ONG do povo Paiter Surui.

 

Coordenação: Domingos Savio Coelho 

 

  • Mãos que Cuidam: Enlaces entre Pessoas e Acervos 

 

Ementa: Projeto de ação contínua de acompanhamento dos jovens da APAE, seus familiares e professores participantes do Programa de qualificação em higienização, conservação e pequenos reparos de bens culturais, parceria entre a APAE-DF e a BCE/UnB. Tem o bjetivo de oferecer espaço terapêutico para essas pessoas, com foco no contexto de trabalho do programa, ampliando para demais dimensões de suas vidas, enfatizando a mediação de experiências de inclusão dentro e fora do campus Darcy Ribeiro.

 

Coordenação: Gabriela Sousa de Melo Mieto

 

  • Qualidade e salubridade ambiental na cidade Estrutural 

 

Ementa: O crescimento e urbanização da Cidade Estrutural aconteceu de forma desordenada e com precariedade dos serviços públicos. A proximidade do lixão cria um ambiente insalubre, com riscos para saúde humana e para o meio ambiente. O presente projeto visa incorporar a extensão no cotidiano dos estudantes de Engenharia Ambiental para desenvolvimento da percepção crítica dos problemas ambientais da comunidade da Cidade Estrutural, com proposta de incorporação dessa praxis na sua formação.

 

Coordenação: Ricardo Tezini Minoti

 

  • Saúde mental, vulnerabilidades sociais, participação e redes de proteção comunitária 

 

Ementa: Este projeto tem por objetivo desenvolver a abordagem do Tratamento Comunitário-TC, no Distrito Federal, junto às pessoas ou populações em situação de vulnerabilidade social, mais especificamente com processos de adoecimento mental ou com o uso problemático de substâncias psicoativas e outros grupos em decorrência das desigualdades e iniquidades sociais. Além da intervenção, serão realizados processos formativos e investigativos sobre o TC, com a articulação intersetorial e comunitária.

 

Coordenação: Maria da Glória Lima

ATENÇÃO O conteúdo dos artigos é de responsabilidade do autor e expressa sua visão sobre assuntos atuais. Os textos podem ser reproduzidos em qualquer tipo de mídia desde que sejam citados os créditos do autor. Edições ou alterações só podem ser feitas com autorização do autor.